Lendo e ouvindo a música

Desenhos de Jorge Queiroz da Silva

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Desculpe, estou em obras...

Quantas vezes vemos, pelas ruas das cidades, placas indicativas de obras pelo caminho. E nossa vida? E nosso coração? Está totalmente pronto ou também necessita de obras?

Precisamos nos renovar sempre, como uma velha estrada que precisa ser asfaltada, como uma velha casa que necessita ser reformada. Nosso coração necessita sempre ser renovado. E só um forte e verdadeiro amor pode reformar nosso coração e nossa vida. E esse amor existe e tem nome. É o amor acompanhado de misericórdia, é o amor recheado de perdão, é o amor que gera vida e vida em abundância. Qual é o nome desse amor? É o amor de Deus, que se expos através da vida de Jesus.

Li, recentemente, o seguinte texto:

“Pessoas e estabelecimentos sendo realocados; ruas sendo mudadas de direção; avenidas alargadas; o trânsito caótico. Nesse momento a única coisa que vemos é poeira para todos os lados, barulhos de britadeiras a todo vapor e estresse, muito estresse. Enquanto contemplava toda essa paisagem de bagunça aparente, comecei a pensar que o mesmo acontece em nós quando estamos EM OBRA! Oramos e pedimos a ajuda de Deus para melhorarmos como pessoas, como filhos, para evoluirmos em nossos ministérios e, de repente o mundo vira de cabeça para baixo. Desesperamo-nos porque só vemos a bagunça, os problemas, a poeira e os entulhos e esquecemos que é necessário que muita coisa saia do lugar e seja ajeitada para que se erga um novo prédio, para que se edifique uma nova estrada. Ser um novo vaso, uma nova edificação, alguém melhor, implica necessariamente em quebra-quebra. A estrutura precisa ser melhorada, o alicerce fortificado, pois chegará o tempo da inauguração, e ninguém merece inaugurar algo velho, né? Sua vida está um caos? Você está em obras...” (Pr. Felipe Heiderich)

Neste ano de 2011 perdi minha mãe e mais recentemente, meu pai. Mas temos sempre que recomeçar e minhas obras já recomeçaram. Reveja sua vida e recomece a sua obra também. Enquanto Deus estiver de braços abertos, nada poderá impedir a nossa renovação.

Lembre-se: >>>Deus sempre!>>>

Luiz Cláudio Queiroz da Silva

Um comentário: