Lendo e ouvindo a música

Desenhos de Jorge Queiroz da Silva

domingo, 7 de junho de 2009

Um tipo inesquecível em minha vida

Outro tipo inesquecível em minha vida foi o jovem Dr. Francisco Pinto Jr., que tinha formação em Direito e era um excelente administrador e estrategista.Ele ocupava na mesma empresa em que eu trabalhava, um lugar de destaque; era o Gerente do Planejamento Comercial do Setor Sul do Brasil e cabia a ele projetar as vendas anuais daquela área comercial,que envolvia desde as campanhas comerciais até o estudo de lançamento de novos produtos, que naquela época já alcançava a casa de 228 tipos diferentes, entre a linha de farmácia e a linha de produtos de beleza e toucador.Num determinado dia, convidou-me para fazer parte do seu quadro de funcionários, e simplesmente deixou em minhas mãos todos os mapas de projeção de vendas, orientando-me para que não tivesse medo,pois, como dizia, venda era sonho.Disse-me então: -vou te ensinar a sonhar, e para você será muito simples, eu já vi que você é um otimista, jamais irá errar num sonho de vendas.E assim, fui me especializando e levando todas a informações ao Diretor Industrial, com quem viria a trabalhar futuramente no planejamento industrial.Lamentei profundamente, quando o amigo Francisco foi convidado para trabalho em outro grupo pois o nosso convívio foi apenas de um ano, mas fiquei feliz em saber do seu progresso profissional, pois ele já tinha rapidamente se tornado uma das pessoas de prestígio junto ao governo do Dr. Juscelino.Somente uns anos depois, quando surgiu uma chance de termos um encontro, eu tentei reservar junto a sua secretária, um horário para conversarmos, e na realidade ele pela sua grande ocupação, marcou um determinado dia, quando estivesse em trânsito entre o Rio e Recife, mas não fui feliz. O pneu do meu carro furou na Avenida Brasil, e não tive como chegar ao encontro. Tendo ficado constrangido, não tentei marcar nova data, mas fiquei na esperança de um dia futuro sentarmos para conversar, mas pelo visto, acho que ele saiu do país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário