Lendo e ouvindo a música

Desenhos de Jorge Queiroz da Silva

terça-feira, 11 de agosto de 2009

A nova arca de Noé

Vai ser muito difícil toda a população do mundo estar envolvida com os novos critérios de recadastramento de vida para o novo milênio . Os escritórios dos Céus estão super-agitados e a super-população da segunda era, vem causando sérios problemas . Como os princípios básicos da Terra, desde o início, foram de proceder a reencarnação após decorridos trinta anos, fez este prazo deixar de funcionar na prática. O mundo desde o seu ínício , proporcionou a alguns milhões de seus habitantes a capacidade de reencarnar por mais de 70 vezes, assim , gerando sérios transtornos na identificação do curriculum de cada alma cadastrada nos arquivos celestiais. Uma vez que, conforme o grau de aprendizado de cada ser humano, os arquivos divinos ficam sujeitos à avaliações para futuras seleções, se complicam de certa maneira, pois hoje em dia, contamos na Terra com uma divisão já acima de 200 países e diversos dialetos e línguas. Por este motivo, a volta à Terra tem sido complicada e as diferenças se fazem mais presentes. Fica sendo muito comum hoje em dia, ouvirmos pessoas falarem coisas deste tipo: - este cara é um animal! - olha só aquele monstro, como ele come desse jeito! - que sujeito mais burro! - Vamos então a partir daí ,fazer uma análise mais racional e então chegar a conclusão de que o homem na Terra complica a sua própria vida, deixando em alguns momentos, a impressão nitída de nunca ter sido um produto de Deus. A verdade, no entanto, nunca desaparece ... Ela flutua e ficará sempre acima de todo e qualquer conceito. Vamos então , esbarrar no cadastramento do novo milênio. As novas fichas de inscrição nos serão enviadas no final do ano e pela previsão das suas características , o povo brasileiro, deverá ser privatizado por outras raças. Será o grande leilão do milênio. A bolsa do Universo , fará grandes pregões. Vamos ser classificados em lotes dentro de cada especialidade. E para melhor orientação , nos serão entregues formulários, onde relacionaremos as nossas habilidades de seres humanos. Como exemplo, ressaltaremos, os tipos de cadastramento que configurarão todas as nossas habilidades: Jogador de futebol , Dançarina de tchan, Cantor de pagode, Presidente da República, Entrevistador de tv, Procurador do INSS, Anão do orçamento, etc, etc. E daí para frente , todo o sistema da reencarnação estará integrado para reformulação do novo tipo de habitante da Terra Brasilís. Uma nova chance ao maior Território de adaptação de vida para um novo tipo de brasileiro. Será muito divertido. Vamos apreciar o alto interesse de pessoas de outras origens, que ao chegarem ao recadastramento da volta à Terra e consultarem os arquivos para formular o seu pedido, vão tomar um grande susto. Realmente, será muito engraçado. Quem não vai querer ser reencarnado, como um Ronaldinho?, Como uma Carla Perez ? Ou como um Pelé ? Pelo visto, a corrupção e o crime organizado, irão contaminar os escritórios celestiais, porque em se tratando de reencarnar no Brasil, o paraíso celestial como dizem por aí, (todos afirmam que DEUS é brasileiro), o passaporte deverá conter taxa de inflação , ágio , cpmf e outras cositas mais. Essa será a única forma de correção das distorções sociais aqui existentes, e a clonagem de seres será de um valor muito especial, pois ela já virá com almas embutidas e com características da nova tecnologia racial. Então, seremos felizes para sempre, pois vamos possuir uns duzentos mil Pelés, umas trezentas mil Carlas Perez, uns quinhentos mil Zecas Pagodinho e por aí afora. Teremos então, apenas uma única dificuldade. A necessidade de criação de um novo Detran, para emplacarmos, toda essa gente importante, que fará parte do novo milênio, terminando assim, definitivamente, com as diferenças de classes sociais. Só nos restará resolver um dilema: onde colocar a placa de cada um?: Na cabeça? No pé ? Ou na bunda ? !

Nenhum comentário:

Postar um comentário