Lendo e ouvindo a música

Desenhos de Jorge Queiroz da Silva

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Lembrando de outro grande executivo...

Esse empresário de quem vou falar hoje era apontado pelo próprio pai, como a melhor visão administrativa e empresarial de todos os quatro filhos. Ele veio para o Brasil na década de 1970, após a Revolução dos Cravos em Portugal, para assumir a presidência executiva do Grupo do pai.
O que mais me chamou a atenção foi o interesse daquele jovem, em estudar, de imediato, as leis trabalhistas do Brasil, que na verdade, serviriam de plataforma da sua administração, porque a sua experiência era toda adquirida em Angola, onde o seu pai era um forte banqueiro e um industrial famoso no campo da mineração.
Demonstrou ser um excelente administrador, criativo e parceiro de novas idéias, se enquadrou com facilidade nas coisas do Brasil. Aqui casou-se com uma patrícia. Separou-se dela e tentou de novo viver em comum com uma famosa cantora brasileira, mas um episódio de extravagância por parte dela ocorrido num restaurante da Zona Sul, matou o seu interesse de homem apaixonado.
Ele sempre tentava surpreender os conhecimentos dos seus executivos pelas notícias de Jornal, mas graças a minha vasta experiência, eu sempre escapava das suas incertas no meu âmbito de trabalho,visto que o meu maior atrito profissional envolvia as aplicações financeiras. Gostei de lembrar desse estudioso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário