Lendo e ouvindo a música

Desenhos de Jorge Queiroz da Silva

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O AQUECIMENTO GLOBAL - A NATUREZA NOS PASSA GRANDES ENSINAMENTOS !


Nós demonstramos hoje que não sabemos usar o Planeta que recebemos.
Acredito que vivemos ainda as eras primárias ou terciárias do nosso ex-pacífico planeta.
Recentemente ele iniciou uma reação contra o nosso mundo animal.
Parece que todo o Universo descobriu que o “malvado” homem do meio ambiente, existe.
Aí então declarou uma guerra com esse descuidado homem, que nunca valorizou o que recebeu das mãos do Criador.
O homem, que na vida primária, ainda sem as suas roupas, demonstrava humildade evoluiu negativamente.
Pensou e se vestiu com matos e folhas, passando a se alimentar de raízes e frutos.
Mergulhou nos rios e lagos naturais, acreditando ser o dono total do meio ambiente que era infinito.
Quando sentado à sombra de uma árvore, assistiu a um macaco comendo bananas, e o imitou.
Assim ele provou e aprovou a primeira banana, e até hoje, ainda não lembra o que fez com a casca, porque o meio ambiente o protegia.
Imediatamente após essa experiência, passou a história para o seu vizinho da caverna, contando a dica que tinha recebido do macaco!
Até hoje esse homem tem o macaco como seu mestre, seu instrutor de vida na mata e na floresta, passando a seguir e a acompanhar todos os seus passos, cuidando para por ele não ser notado.
Mas , como era de se esperar, essa providência tomada pelo homem, deixou o macaco bastante assustado, pois ele percebia de antemão, que o homem ia criar problemas para a natureza e se tornaria o rei das queimadas.
Hoje no tempo em que vivemos, só iremos tomar consciência da dura realidade, após sofrermos, na própria carne, o efeito dos nossos erros.
Os animais, tem um hábito sadio de protegerem o seu habitat, o que não é feito pelo homem.
Isso eu observo desde menino.
Lembro-me bem da observação dos mais velhos no período de minha infância, o que me fez aprender coisas, que ainda hoje, me são de grande valia.
O nosso meio ambiente, é coisa muita séria, e deveria ser ponto bem estudado, em nossas escolas, pois desde antigamente, eu observei o meio ambiente, nas coisas de dentro de minha casa, que me levaram a acumular alguns conhecimentos importantes.
Quando garoto ainda, eu prestava atenção no que diziam as velhas tias.
Aprendi com minha tia Ormezinda que a teia de aranha, era de uso medicinal, quando cortei meu pé. Recolheu no jardim uma teia de aranha de uma planta e colocando-a num pires, misturou-a à uma colher de açúcar e passou no corte, fazendo o sangue estancar.
Observava os gatos, que faziam buracos no chão do jardim e ali enterravam suas fezes.
Naquela época eu pensava que aquilo deveria ter uma lógica e de fato alguns anos depois descobri e eu pensei deve ter alguma lógica, que só vim a descobrir muitos anos na frente: - as fezes dos gatos indianos contém o “exaltolide”, um caríssimo componente químico representando na área de perfumarias o melhor dos fixadores de perfumes.
Portanto, tudo se cria e tudo se transforma.
O exemplo do gato mostra que até pelas mãos dos irracionais, o mundo conseguirá juntar das sobras do próprio lixo, os mais importantes adubos, para cultivarem importantes alimentos para o homem.
Podemos chegar à conclusão de que a natureza dá mas espera receber o retorno do homem que a explora.
Necessitamos urgentemente saber trocar as diferenças dos climas no mundo inteiro, de acordo com cada um dos países do mundo e assim estabelecermos por critérios de mercado e dentro dos seus objetivos a real forma de utilizar a terra, medindo a capacidade de produção e de poluição, para, com justiça, tributar o“PIB”de cada um deles.
Creio que só dessa forma, começaremos a aprender a trocar melhorias com aplicações justas de emissão de CO2!
(Jorge Queiroz - agosto de 2010)
Fonte da imagem:rubensmr-campos...

2 comentários:

  1. COMO A SOCIEDADE ESTÁ "PERCEBENDO" A PROBLEMÁTICA DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS?

    Com este objetivo iniciamos uma pesquisa na Região da Grande Vitória (ES0 para saber como a sociedade percebe as diferentes facetas (causas, efeitos, prós e contras) da problemática das Mudanaçs climáticas.
    Somos um grupo que atua há seis anos na área dos estudos de avaliação da percepção ambienal de segmentos formadores de opinião; temos interessem em levar / apoiar esta pesquisa para outras regiões.
    Núcleo de Estudos em Percepção Ambiental / NEPA
    roosevelt@ebrnet.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parabens, ROOSEVELT fico feliz, em ter tocado num ponto, aonde o nosso Brasil, já mostra a sua sabedoria através do seu Nucleo de Estudos em Percepção ambiental /NEPA, sei ainda que sempre devemos tocar neste assunto ecologico, e poder descobrir a cada dia o nosso interesse de garantir ao país, a nossa estabilidade, abraços do Jorge! E mais feliz estou, por ter o meu filho que é ligado a telefonia celular, ter participado recentemente de congresso, aonde se julga este meio de comunicação, em seu diario, envolvimento junto ao meio ambiente, e que feliz ficou em ter participado na busca da melhor certificaçao, sobre este assunto.

    ResponderExcluir