Lendo e ouvindo a música

Desenhos de Jorge Queiroz da Silva

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

AMAZÔNIA,O ESCONDERIJO DA MAIOR NAÇÃO DO MUNDO!



A Amazônia esconde tudo, menos o sucesso brasileiro, devido à sua guarda em nosso valoroso e extenso conteúdo territorial.
A maior nação do mundo,o Brasil, já está em plena expansão ainda que seja debaixo da nossa cobiçada floresta.
Ainda bem que o nosso grande e bondoso DEUS, usou de uma estratégia de planejamento de Universo perfeito.
Fez do Brasil o seu gabinete de trabalhos técnicos e de expansão universal e inicialmente não o entregou nas mãos dos conhecidos e práticos egoístas navegadores, mas sim, nas mãos dos experientes e técnicos navegadores portugueses, responsáveis pela sua descoberta e formados pela famosa Escola de Sagres.
Dessa forma, o Brasil só poderia se dar muito bem, numa extensão de território ultra-continental, banhado por um oceano bem orientado que se limita e se direciona para a direita de todo um mundo africano, onde seus descobridores ao iniciarem os seus trabalhos mais árduos, foram buscar nos braços de nossos negros africanos, os donos das nossas descendências, nos fazendo privilegiados de uma origem forte e saudável.
Hoje eu ainda acredito que o nosso país, já conhece pela mão de todos os seus governantes, tudo que temos guardado embaixo daquela extensa floresta, a única do Universo.
Basta a nós prestarmos atenção em alguns programas de TV, que envolvem a nossa querida Amazônia, o tão falado pulmão do mundo!
Aquela grande área brasileira, que até pela sua umidade do solo tem e terá sempre uma grande importância para o restante do mundo, fará com que ela possa ser avaliada e dê as garantias do seu não “ressecamento”, que influenciará todo o nosso planeta.
Sendo assim, terá que ser observada e vigiada, constantemente, no seu dia a dia e também medida e comparada no seu nível de controle de qualidade, para que possa garantir, para nós brasileiros e para todo o mundo assim interessado, suas riquezas e seu real valor.
Hoje os meios de comunicação não poupam esforços nessa divulgação, recebida da Embrapa, haja vista os variados programas exibidos pelos canais de televisão.
Pena que essas exibições não sejam feitas em horários passíveis de assistência por grande número de brasileiros, servindo essas apresentações para passar instrução e conhecimentos a outros povos e países, que certamente também necessitarão conhecer a mais fantástica combinação já feita por Deus na natureza, em céu, terra e ar, que a torna possuidora desses grandes valores.
Lamento muito que esse tipo de programação não seja ainda levada, com mais freqüência a horários mais acessíveis às nossas crianças brasileiras, em programas semanais ou por distribuição pública de vídeos programados e gravados, distribuídos em nossas escolas, pois, fazendo parte do currículo escolar, passariam a ser importantes meios para a formação de mais brasileiros cheios de sabedoria e orgulho, vigilantes à segurança dessa rara área mundial que nos protege e auxilia na vida do planeta, pelos altos valores da expressiva vida natural ali presente.
E esse Brasil me enobrece ainda mais, quando me lembro que ao trabalhar na Indústria Química e Farmacêutica, deparei-me com essa diferenciada força botânica do nosso Brasil, que apoiada na fabricação de tônicos e fortificantes tínhamos que importar do rico norte.
Naquele momento eu tomava conhecimento da existência de plantas tão importantes, como aquela que era produtora da fava e casca de Jucá e as das ramagens do guaco silvestre e do rico agrião, que era tratado em águas puras de nascentes das nossas encostas, e que pelo seu forte poder do iodo, propiciava a saúde.
Ainda conheci a rara erva silvina, já quase extinta, conhecida e popularmente chamada pelos caboclos das matas, como a “erva do passarinho”, uma planta hospedeira semeada nas copas de nossas grandes árvores florestais pelo bico dos nossos pássaros, que assim o fazem instintivamente, como se estivessem orientados por Deus.
Ainda cito aqui a própria serragem da força da madeira sagrada, do óleo vermelho, um dos grandes depurativos do sangue e com a extrema força do selvagem cambará e das folhas e galhos do maracujá, que juntos na fórmula original criada há mais de cinco séculos pelos nossos índios brasileiros, indiretamente ajudaram a Industria Química e Farmacêutica e puderam curar milhões de moléstias dos brasileiros.
E assim, baseado nessa força da natureza, entregue nas mãos de um povo hoje já maduro e integrado, eu apregôo que sejam cuidadosos e zelosos, com esse valioso tesouro que, não é apenas um pedaço de terra, mas um dos únicos pulmões da natureza.
Ajudem, em cada ato, a salvar a nossa Amazônia!


(Jorge Queiroz - setembro de 2010)

Fonte da imagem:eobvio.wordpress.com

Um comentário:

  1. E assim, baseado nessa força da natureza, entregue nas mãos de um povo hoje já maduro e integrado, eu apregôo que sejam cuidadosos e zelosos, com esse valioso tesouro que, não é apenas um pedaço de terra, mas um dos únicos pulmões da natureza.
    Ajudem, em cada ato, a salvar a nossa Amazônia!

    Sua Crônica está linda e faz uma chamada para todos os habitantes do Planeta no sentido da "Consciência".
    Maravilhosa pelas belas pinturas!
    Beijos de luz
    Goretti

    ResponderExcluir