Lendo e ouvindo a música

Desenhos de Jorge Queiroz da Silva

domingo, 10 de junho de 2012

O estranho gosto de alguns animais


Vou contar pra vocês em detalhes, quem são essas duas personagens muito importantes na casa do meu filho.
Eu posso afirmar que são duas figuras maravilhosas e vou adiantar que estão fazendo parte do mais novo lançamento, em matéria de alimentação no reino animal.
Elas foram cobaias de um estreante processo alimentar, já desenvolvido com as duas há bastante tempo. No dia em que meu filho e minha nora, me contaram esta história, fiquei por demais curioso, devido a estranheza do fato.
Contam eles que ofereceram bananas às cadelas que, como gostaram passaram a pedir, sempre que viam os dois comendo.
Temerosos a princípio, após a observação usual, aprovaram incluir o alimento na dieta diária, visto que foi opção e escolha delas mesmo.
De minha parte eu jamais admitiria, que esse usual produto, aceito mundialmente, como uma excelente guloseima, também fosse bem aceito pelos cães e sequer admitiria que alguém quisesse empregá-lo num campo experimental, que envolvesse uma alimentação do tipo canina.
Confesso que duvidaria se alguém me dissesse que cães gostam de bananas. Admito até que pedissem ao ver o dono comendo, mas, como é habitual, logo a “cuspissem” mostrando o seu desagrado.
Mas não foi o que ocorreu com as duas “cadelas”, que já não são mais crianças. Ambas, com cerca de oito anos, reclamam o produto diariamente, nos horários determinados pela minha nora para administrá-lo.
E o estranho de tudo isto, é que não são de raça brasileira, mas como o nosso país é de um grande número de pessoas emergentes, tudo é valido, buscado e experimentado.
A “AISHA”, é uma linda, dócil e obediente PIT BULL , de pelo marrom alaranjado, e a “MAYLA”, uma não menos, elegante e também dócil, LABRADOR. Convivem juntas desde os tempos de “neném” e vibram quando meu filho chega do supermercado carregado de cachos de bananas maduras, para logo começarem a festa.
Curiosíssimo a respeito, sempre em conversa com eles, pergunto pelo novo prazer alimentar e investigo como elas estão se conduzindo.
Estranhamente eles continuam servindo as rações e incluindo as bananas, o que em qualquer falta momentânea, no mercado das rações, poderá socorrer as duas com muito gosto.
Perguntei também se o veterinário aprova e eles me disseram que ele não tem nada contra, somente tem que ser observado o lado dietético, uma vez que a “MAYLA”, engordou um pouco mais que a “AISHA”. Descobriram que o alimento deixa o pelo bem sedoso.
Por isso eu digo a vocês que não são só MACACOS, que comem bananas. Se os donos de cãezinhos quiserem se utilizar dessa dica, consultem os seus veterinários, pois trata-se de uma alimentação apenas complementar.
(Jorge Queiroz - outubro de 2009)

Nenhum comentário:

Postar um comentário