Lendo e ouvindo a música

Desenhos de Jorge Queiroz da Silva

sexta-feira, 1 de junho de 2012

UM PAI - UM PRODUTO SEM FÓRMULA SERÁ SEMPRE UMA CRIAÇAO GENÉTICA

Meu pai viveu muito pouco, apenas 37 anos plenos de saúde.
Com sua passagem, aos onze anos, fiquei atento e na busca da minha verdade, que para mim,era ainda pouco esclarecida.
E agora, aos meus 75 anos de idade, consegui ter pra mim o porquê deste entendimento.
Pude assim, aceitar que a vida humana, é uma combinação de fórmulas da natureza, que hoje eu ainda estou tentando acompanhar.
Sei que toda a minha genética individual, seja ela escrita ou falada, está repetida na minha prole de filhos e netos, porque estão todas atreladas as coisas do meu velho e querido pai.
Confirmo isso, porque é normal eu sentir neles, sempre que me aproximo, a vibrante presença do meu pai, e olhem que ele se foi ainda no século passado e mesmo já estando nós, caminhando no século 21, tudo me demonstra que ele sempre estará presente e junto a nós.
Ouço a voz da ciência e analiso a genialidade dos novos cientistas que afirmam que existe em nós, um código genético presente em cada laço familiar.
No meu filho mais novo sinto-o na sua voz e nas suas brincadeiras, e nos meus dois filhos mais velhos, sinto a presença dele na mecânica do criar e do fazer.
Os cientistas afirmam que a genética da mulher nascida trará no seu (XX) de sinalizador genético o criador de tudo, mas que o (XY) será assim o garantidor da nossa genética masculina, que me envolvem, pois meus filhos são todos homens.
E assim me envolvo, também por uma nova matemática a da genética, e essa idéia me levará a armar uma nova equação de vida, (XX+XY) = ser humano.
Baseados nisso, podemos pensar que será assim a nova equação da fórmula da vida, que nunca o homem no passado foi sabedor .
Digo eu agora que nos dois XX da fêmea, um deles será reprodutivo e o outro com toda certeza, será o dos cuidados pela vida, dentro de cada família e personalidade.
Quanto ao (XY) do homem, nascido e criado, teríamos o X da genética familiar e o Y da ferramenta reprodutiva do homem.
Na análise da vida o homem usará geneticamente a sua arma.
Usará o seu Y para comandar a sua vida X e ele assim será diferente e provará os mistérios entre homem e mulher.
E partir de agora vamos exemplificar materialmente a função masculina da nossa genética.
O ser humano deve ser como um homem: - um investigador como foi o X.9, o antigo e famoso detetive.
Ele tem que ser um XP como um novo programa de computador da nova programação eletrônica.
Tem que saber usar o X da equação da sua genética, na solução do seu problema de vida.
E sobretudo saber conferir o XX da verdade de vida da sua mulher e companheira.
Só assim cada família poderá ter as respostas aos casos e as coisas da sua vida!
Parabéns aos pais, no seu dia!

Jorge Queiroz da Silva - agosto/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário