Lendo e ouvindo a música

Desenhos de Jorge Queiroz da Silva

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Será que os sapatos do Superintendente eram iguais aos do Presidente?


Lembrando dessa história, penso que sou vítima de um caso genético. Quando eu era ainda um menino, meu tio Nilo costumava exibir para mim os vários pares de sapatos do Presidente Getúlio Vargas, ganhos do próprio Presidente, que o conhecia como porteiro do Jóquey Club do Brasil. Eram sapatos havanas importados da Itália. Os anos decorreram e eu rapaz, embora não necessitasse, pois exercia uma função de Chefia na Empresa em que trabalhava, também comecei a receber doações de sapatos do Diretor Superintendente, a cada seis meses, quando renovava seu guarda-roupas. Por mais que eu me negasse a recebê-los, ele insistia para minha aceitação, pois o pouco uso e o alto custo dos mesmos, o impediam de vê-los em outros pés que não os meus. Os sapatos, como era de se esperar, eram importados da Itália e naquela época, só os mais abastados poderiam tê-los, razão pela qual meus colegas na Empresa, ao me verem usando-os, logo notavam a semelhança com os do Diretor. Alguns, mais indelicados, faziam questão de me indagar a respeito e eu com muita vergonha, era obrigado a falar da doação.

(Jorge Queiroz da Silva, em ditado - 25/03/11)

Fonte da imagem: oabelhudo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário